24°

Poucas nuvens

Rondonópolis - MT

Polícia PERSEGUIÇÃO E TIROS

Inquérito investiga policial que matou adolescente em MT

Jovem de 17 anos teria esboçado atirar contra policiais e não recebeu ordem de parada

05/01/2022 às 08h18
Por: Redação Fonte: FolhaMax
Compartilhe:
Inquérito investiga policial que matou adolescente em MT

A Polícia Militar de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá) abriu inquérito para investigar a morte de um adolescente de 17 anos no dia 31 de dezembro que não obedeceu a uma ordem de parada policial durante uma abordagem. De acordo com o relato dos PMs que atuaram no caso, o adolescente de 17 anos, ao mesmo tempo que não obedeceu a ordem de parada policial, ainda colocou a mão na cintura e ameaçado sacar uma arma de fogo. 

Ao anunciar a abertura do inquérito para apurar a conduta dos PMs, o tenente coronel Ziulmar da Costa Silva evitou qualquer clima de pré-condenação. “Estamos instaurando o inquérito policial, afim desse instrumento que tenhamos a verdade sobre o que ocorreu no dia 31 de dezembro. Qualquer coisa que a gente responder agora seria leviandade da nossa parte, em fazer um julgamento da ação dos policiais, quanto dos que estavam na motocicleta. Provas documentais, testemunhais, periciais e todos esses elementos terão um fechamento do inquérito. Temos as questões de imagens, obviamente o encarregado que instrua o inquérito policial fará esse pedido das imagens no momento oportuno”, explicou.

A ação dos PMs no dia 31 de dezembro ocorreu após ser recebida a informação de que mulher havia sido assaltada no Centro e dois homens montados em uma moto de cor preta e escapamento barulhento partiram em direção ao bairro Boa Esperança.

A partir daí, os policiais iniciaram rondas para tentar localizar os suspeitos. No cruzamento da avenida dos Ingás com a avenida Dom Henrique, os militares avistaram dois homens com as mesmas características em uma motocicleta preta. Os PMs foram abordá-los, porém, a dupla não obedeceu à ordem de parada e fugiu, segundo o tenente-coronel.

“Houve uma abordagem por  meios sonoros e luminosos, que de pronto não foram acatados pelos dois, e logo em seguida houve uma abordagem policial. Um dos policiais entendeu que um dos ocupantes da motocicleta traziam algo na região da cintura e o policial deduziu naquele momento de frações de segundos entender que poderia ser uma arma de fogo, onde ele se valeu de sua arma de fogo para repelir uma injusta agressão contra a equipe policial”, afirmou Costa Silva.

O comandante apontou quem um oficial da PM já foi designado para acompanhar o caso. “Também temos interesse quanto instituição trazer essa verdade, precisamos saber também o que aconteceu naquele cenário, na situação. Já designamos um oficial para acompanhar toda essa investigação e com base nas informações que está nesse processo investigativo no final teremos uma verdade ou se aproximar dela. Existe um tempo de 40 dias para ele ser finalizado (inquérito), porém existe uma prorrogação de mais 20 dias”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Rondonópolis - MT Atualizado às 20h41 - Fonte: ClimaTempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 14° Máx. 32°

Ter 33°C 14°C
Qua 34°C 16°C
Qui 34°C 17°C
Sex 34°C 16°C
Sáb 34°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio