E-mail

contato@radarmt.com

WhatsApp

(66) 99986.5406

GOVERNO DE MT - 728 X 90 - TOPO
Tropical - TOPO
Doulas

Doulas voltam a atender na Santa Casa de Rondonópolis nessa semana

As doulas, efetivamente, permitem o que se chama de parto humanizado", comentou Kalynka.

22/02/2021 07h45
Por: Redação
Fonte: Assessoria

Depois de reunião, que contou com a presença da superintendente da Santa Casa Rondonópolis, Bianca Talita Franco, e da vereadora, Kalynka Meirelles (REPUBLICANOS), as doulas - profissionais especializadas no acompanhamento aproximado de gestantes - foram liberadas a retornar nesta segunda feira (22.02) seus trabalhos na filantrópica.

Em virtude da pandemia, a direção da Santa Casa  havia restringido o trabalho das profissionais no acompanhamento dos partos que ocorrem na unidade de saúde, responsável por quase toda criança que nasce na região sul de Mato Grosso.

"As pessoas conhecem ainda muito pouco deste trabalho, que é não só reconhecido como recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). São profissionais capacitadas que criam um elo de extrema confiança com a mãe durante todo seu período gestacional e acompanham de perto o parto, intensificando todo um conjunto preparatório de pré-natal e que chega até o pós-parto. As doulas, efetivamente, permitem o que se chama de parto humanizado", comentou Kalynka.

A partir desse semana, de acordo com o que confirma Meirelles, as mães que forem entrar em trabalho de parto na unidade de saúde já poderão contar com o serviço das doulas, que entre outras coisas também são figuras centrais no combate à violência obstetrícia.

A pedido da própria Santa Casa, as doulas vão voltar com um projeto de atendimento gratuito para as mães do SUS. " Antes, era uma vez por semana e agora pedimos para aumentar mais dias" destaca Juliana Lima, coordenadora do centro obstétrico.

"A palavra chave de quem vive esse momento é confiança. A gravidez é um momento maravilhoso, inesquecível, mas desafiador. Sobretudo então quando falamos de mulheres que serão mães pela primeira vez. É quase como uma capacitação que as grávidas passam diariamente, fazendo com que toda etapa nova que chega não assuste. Desde as primeiras sensações, até o parto e amamentação, a paciente se sente amparada e isso ajuda a tornar esse momento ainda mais mágico. As doulas já tinham voltado na Unimed e agora com esse entendimento também poderão voltar a trabalhar na Santa Casa", argumenta a doula, Priscilla Malheiros.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.