Quarta, 22 de Setembro de 2021
38°

Poucas nuvens

Rondonópolis - MT

Cidades PRECISA MEDICAMENTOS

Cuiabano e delator da Ararath depõe na CPI da Pandemia nesta semana

Já na quinta-feira (16) Danilo Trento será ouvido como diretor da Precisa Medicamentos. O filho do dono do extinto supermercado Trento, chegou a movimentar mais de R$ 2 milhões por mês em suas contas no último ano. O valor foi considerado incompatível pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), que quebrou o seu sigilo fiscal.

13/09/2021 às 12h45
Por: Redação Fonte: Gazeta Digital
Compartilhe:
Fotos: Waldemir Barreto/Agência Senado/Reprodução
Fotos: Waldemir Barreto/Agência Senado/Reprodução

O cuiabano Danilo Berndt Trento e o delator da Operação Ararath, Marcos Tolentino, irão depor a partir desta terça-feira (14) na CPI da Pandemia no Senado, que investiga as ações do governo Bolsonaro e suposta cobrança de propina para aquisição de vacinas.

 

Amanhã, Tolentino deverá ser ouvido pelos senadores como suposto “sócio oculto” do FIB Bank, empresa que teria fornecido uma carta fiança  para a Precisa Medicamentos, que negociou com o Ministério da Saúde a compra da vacina indiana Covaxin por R$ 1.6 bilhão. Tolentino também é proprietário da Rede Brasil de Televisão.

 

Em 2018, Marcos Tolentino firmou colaboração premiada junto à Justiça Federal no âmbito da Operação Ararath. Ele devolveu R$ 3 milhões aos cofres públicos a título de indenização. a última parcela de R$ 1 milhão será  paga nesta terça-feira conforme o acordo premiado .  

 

Ele teve envolvimento na compra e venda do canal 27 para o conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Sérgio Ricardo. Marcos Tolentino também admitiu ter atuado ativamente na tentativa de dissimular a origem, a natureza e o destino dos valores provenientes de Sérgio Ricardo na compra do Canal 27, imputados pelo MPF a título de pagamento pelo "desfazimento da negociação" de compra e venda do cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), fato investigado na Operação Ararath.  

 

Já na quinta-feira (16) Danilo Trento será ouvido como diretor da Precisa Medicamentos. O filho do dono do extinto supermercado Trento, chegou a movimentar mais de R$ 2 milhões por mês em suas contas no último ano. O valor foi considerado incompatível pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), que quebrou o seu sigilo fiscal.

 

De acordo com o relatório encaminhado a CPI da Pandemia no Senado, Trento movimentou por mês R$ 1,8 milhão em suas contas empresariais e R$ 198 mil por mês em contas de pessoa física. Tais valores foram considerados incompatíveis com a renda declarada, já que Danilo Trento informou possuir ganhos mensais de R$ 2,4 mil, e o faturamento de sua empresa, a Primarcial Holding, seria de R$ 3 milhões por ano.

 

O órgão também teria identificado várias transações recentes, de junho de 2020 a junho de 2021, entre a empresa de Danilo e a 6M Participações, controlada pelo empresário Francisco Maximiano. Danilo recebeu R$ 9,6 milhões da 6M em 73 transferências nesse período. No mesmo intervalo, porém, fez de volta a empresa 14 transações, totalizando um débito de R$ 2 milhões de sua conta.

 

Danilo Trento é investigado na compra da vacina indiana Covaxin pelo governo no valor de R$ 1.6 bilhão, que contou com intermediação da Precisa, da qual é suspeito de ser ‘sócio oculto’ do empresário Francisco Maximiano, e pela tentativa de destravar o processo de compra de 12 milhões de kits de reagentes para exames de covid-19 dentro do ministério da Saúde.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Rondonópolis - MT Atualizado às 09h21 - Fonte: ClimaTempo
38°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 41°

Qui 42°C 22°C
Sex 42°C 23°C
Sáb 37°C 23°C
Dom 36°C 21°C
Seg 36°C 20°C
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes