E-mail

contato@radardacidade.com.br

WhatsApp

............

Tropical - TOPO
BIOSSEGURANÇA

Diretores preparam escolas para retorno das aulas de forma segura

Recursos foram repassados no final do ano passados e produtos já foram adquiridos

12/01/2021 07h35
Por: Redação
Fonte: Assessoria

As escolas da rede estadual de ensino de Mato Grosso estão em fase de preparação para retomar as atividades de forma segura para os alunos e professores em relação ao novo coronavírus. Diretorias das unidades de ensino já providenciaram a compra de itens essenciais nesse momento de pandemia, como máscaras e álcool em gel, e foram orientadas sobre os cuidados a serem tomados para evitar a propagação da Covid-19.

O retorno das aulas está marcado para o dia 8 de fevereiro, de forma híbrida: a cada dia, metade da turma vai assistir a aula presencial. Quando não estiver em sala de aula, o estudante terá tarefas e ensino direcionado, conforme determinado pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT).

A Seduc-MT publicou instrução normativa sobre repasse de recursos financeiros às unidades de ensino para que fossem adotadas providências a fim de não colocar em risco a saúde de estudantes e professores em sala de aula.

Na Escola Estadual José Garcia Neto, em Várzea Grande, por exemplo, já foram providenciados itens como máscaras faciais para alunos e servidores, protetor facial para os professores, tapete sanitizante para a entrada, entre outros materiais essenciais durante a pandemia.

Conforme a diretora Simone Cristina Rubim Ferreira, os professores vão ainda reforçar com os alunos a importância de se cuidar e ficar atentos em relação aos que não estão cumprindo as regras de segurança.

Na Escola Estadual Heliodoro Capistrano da Silva, no bairro Parque Cuiabá, na Capital, também já foram adquiridos os materiais para evitar a transmissão da Covid-19. A unidade passará sanitização e organização de salas de aula e outros ambientes, informou o diretor Edinilson Luiz Gonçalves.

Material obrigatório

A instrução normativa da Seduc-MT, publicada no Diário Oficial do dia 16 de novembro de 2020, estabelece que os recursos transferidos deveriam ser aplicados para aquisição de bens e serviços que a unidade escolar ainda não tenha adquirido com outros recursos, dando prioridade a:

– uma máscara facial protetora, com viseira, para cada profissional da escola;
– luvas, toucas, aventais e demais equipamentos de proteção individual necessários para profissionais das áreas de limpeza e nutrição escolar;
– dois termômetros infravermelhos corporais sem contato;
– material de limpeza, higienização e sanitização, tais como, álcool 70%, álcool gel 70%, água sanitária, detergente e sabonetes líquidos sanitizantes;
– materiais de consumo descartáveis, tais como, copos, papel toalha, entre outros;
– dispensador vertical de álcool em gel 70% com pedal para a entrada da escola.
– equipamentos e utensílios de limpeza e higienização, tais como, baldes, vassouras, rodos, borrifadores de sanitizantes em ambientes, entre outros;
A instrução normativa determina ainda que as escolas terão que manter estoque de contingência de máscaras descartáveis.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.