E-mail

contato@radardacidade.com.br

WhatsApp

............

Tropical - TOPO
BRIGAS INTERNAS

Bezerra avisa que MDB não é convento e está sem presidente em Cuiabá

Presidente estadual diz que ainda vai conversar com Janaína Riva e Frnacisco Faiad antes de definir comando da sigla em Cuiabá

04/01/2021 08h01
Por: Redação
Fonte: FolhaMax

Em meio à celeuma provocada pela disputa interna da presidência do MDB em Cuiabá, tendo de um lado a deputada estadual Janaina Riva e do outro o advogado Francisco Faiad, aliado de primeira hora do prefeito Emanuel Pinheiro, eis que o presidente estadual da legenda, deputado federal Carlos Bezerra, afirmou que nada está decidido. Conforme o cacique da sigla emedebista, o Diretório da Capital "está sem presidente". 

 

As rusgas internas entre Janaina, Faiad e Emanuel vieram à tona em dezembro depois que a deputada chegou a ser anunciada como presidente, mas logo depois, o advogado foi recolocado no cargo que ele já ocupava com apoio irrestrito de Emanuel. Bezerra afirma que são coisas do passado, resquícios das eleições, quando a deputada declarou apoio ao candidato derrotado ainda no primeiro turno, Roberto França (Patriota). Ela ignorou o correligionário que disputava a reeleição e sagrou-se vencedor no 2º turno, numa acirrada disputa contra o ex-vereador Abílio Júnior (Podemos). 

 

O pano de fundo para o rompimento político entre Emanuel e Janaina, aliados de outrora, foram declarações do prefeito em setembro de 2020 chamando José Riva, pai da deputada, de "bandido e maior ficha suja de Mato Grosso" após ter sido delatado pelo ex-deputado como beneficiário de R$ 3 milhões em propina na Assembleia Legislativa, quando ambos eram deputados. 

 

Carlos Bezerra afirma que nos próximos dias o assunto será debatido para encerrar o imbróglio.  "Em janeiro vai ter essa conversa, isso é querela de eleição. O partido não é um convento. O partido é um órgão e o MDB sempre foi de luta interna, não é de agora, sempre foi. Essas querelas passam e o partido continua grande e poderoso como sempre", disse Bezerra durante a posse do prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, também do MDB. 

 

No dia 9 de dezembro, Janaina Riva foi anunciada como a nova presidente do Diretório Municipal Provisório do MDB em Cuiabá com apoio de Bezerra. Contudo, logo depois, Emanuel Pinheiro concedeu entrevistas afirmando que não fazia sentido tirar o MDB de um comando “vitorioso”, no caso Francisco Faiad que o apoiou em sua reeleição,  para entregar a um “derrotado e traidor”, em referência a Janaina.

 

Foi então que no dia 17 de dezembro a direção nacional do MDB, sob o deputado Baleia Rossi (SP), interferiu na briga interna e determinou que Carlos Bezerra nomeasse uma Comissão Provisória presidida por Faiad e não por Janaina. Sobre a escolha do próximo presidente, Bezerra pondera que tudo isso passa por um processo de negociação que vai arrumar tudo. 

 

Ele também foi questionado se Janaina Riva, sua preferida para ocupar o cargo, já aceitou ceder a presidência para o advogado Francisco Faiad, mas desconversou. "Isso não foi discutido, vai ser discutido ainda", colocou o parlamentar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.