E-mail

contato@radardacidade.com.br

WhatsApp

(66) 99986-5406

Tropical - TOPO
CUIABÁ

Sem máscaras e aglomerados, candidatos esquecem covid e apostam no corpo a corpo

Para conquistar o voto vale abraço até em idosos, que são grupo de risco do novo Coronavirus

12/10/2020 13h26
Por: Redação
Fonte: AgoraMT

A vontade de ocupar a cadeira de prefeito de Cuiabá é tão grande que alguns candidatos parecem ter esquecido que estamos no meio de uma pandemia, que já matou mais de três mil e quatrocentas pessoas em Mato Grosso nos últimos 200 dias.

Qualquer cidadão que sair as ruas precisa usar máscara, isso foi determinado em lei pelo governador Mauro Mendes (DEM). Mas na empolgação muitos candidatos abrem mão do adereço de proteção obrigatório.

Isso aconteceu, por exemplo, com Roberto França (Patriota) em caminhadas. A situação é tratada com tanta naturalidade que ele postou fotos no perfil dele em uma rede social, sem a mascara e abraçando idosos, que são do grupo de risco da doença. De acordo com a secretaria Estadual de Saúde 79% das pessoas que morreram com Covid-19 em Mato Grosso tinham mais de 60 anos.

Aécio Rodrigues (PSL) também postou em evento de campanha sem a máscara, isso aconteceu ao visitar um campo de futebol onde é desenvolvido um trabalho social com crianças.

Gisela Simona (Pros) foi outra que apostou no popular “corpo a corpo” no final de semana. Visitou feiras e participou de uma carreata. Apesar de aparecer abraçando varias pessoas, o que não é recomendado, ela estava de mascara. Retirou para discursar no carro de som, mas também causou aglomeração em reuniões com simpatizantes.

Apesar dos flagrantes a lei que obriga as pessoas a usarem máscaras nas ruas não prevê punições, como o pagamento de multa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.