E-mail

contato@radardacidade.com.br

WhatsApp

(66) 99986-5406

Tropical - TOPO
MANDADO DE PRISÃO

Acusado de estuprar e matar jovem em Guiratinga é levado para Mata Grande

Ao chegar na 1° Delegacia de Rondonópolis, o suspeito teve queda de pressão e precisou ser encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

19/09/2020 07h07
Por: Redação
Fonte: AgoraMT

O suspeito de 24 anos acusado ter estuprado e matado uma garota de 16 anos no início desse mês de setembro, teve o mandado de prisão cumprido nesta sexta-feira (18) no município de Guiratinga – MT.

 

Conforme informações de um dos investigadores, a partir do momento que a garota Ketlin Antunes de Lima de 16 anos, foi dada como desaparecida iniciou as apurações.

 

O suspeito foi interrogado, pois, foi visto com a garota e suas respostas eram de contradições e foi apurado que o mesmo estava tentando atrapalhar as investigações.

 

O delegado do município de Guiratinga pediu a prisão provisória e foi definido pelo Juiz local.

 

A população da cidade ficou super revoltada desde a divulgação da morte de Ketlin e hoje durante a prisão do suspeito houve grande rebuliço de ameaças contra o indivíduo.

 

No momento da prisão ele estava em uma fazenda e ao ser informado que os policiais estariam no local para cumprir um mandado de prisão, ele começou a se debater e dar murros em um veículo.

 

A princípio foi negado por ele qualquer envolvimento no crime. Mas teve momentos que ele mesmo afirmou ter matado a jovem e em seguida negou novamente.

 

Ao chegar na 1° Delegacia de Rondonópolis, o suspeito teve queda de pressão e precisou ser encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

 

Após ser medicado o suspeito foi encaminhado para a Penitenciária Eldo Sá Correia (Mata Grande).

 

(O acusado não pode ter a identidade divulgada de acordo com a nova Lei de de Abuso de Autoridade 13.869/2019)

 

CASO

 

O corpo da adolescente Ketlin Antunes de Lima, 16 anos, foi encontrado  em um antigo prédio do Conselho Comunitário que estava abandonado há algum tempo no município de Guiratinga. Ele tinha sinais de violência sexual e estrangulamento e já estava em avançado estado de decomposição.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.