E-mail

contato@radardacidade.com.br

WhatsApp

(66) 99986-5406

Tropical - TOPO
DADA A LARGADA

Candidata, advogada já ataca prefeito de Cuiabá: “finalmente se tornou réu”

Gisela Simona forma chapa com maestro Fabrício Carvalho e destaca que os dois são “ficha limpa”

12/09/2020 15h05
Por: Redação
Fonte: FolhaMax
Reprodução
Reprodução

A candidata à prefeita de Cuiabá, Gisela Simona (Pros), alfinetou o atual o chefe do Palácio Alencastro, Emanuel Pinheiro (MDB), durante discurso na convenção partidária do PDT, partido do candidato a vice, maestro Fabrício Carvalho, realizada na manhã deste sábado (12).  Ocorre que o emedebista se tornou réu na ação que investiga o suposto recebimento de propina por parte do ex-governador Silval Barbosa (sem partido), após a Justiça acatar denúncia do Ministério Público Federal (MPF).

“Faz o que faz, fez o que fez e aparentemente nada aconteceu, mas hoje saiu. Finalmente se tornou réu!”, disparou.

A ação citada por Gisela  tem como base o vídeo entregue por Silval em sua delação premiada, em que uma série de deputados estaduais da legislatura 2011-2015. Além do prefeito, outros 9 ex-deputados estaduais, que participaram da legislatura 2011-2015, também se tornaram réus por decisão de Schneider.

São eles: José Joaquim de Souza Filho (Baiano Filho), Luiz Marinho de Souza Botelho, Luciane Bezerra, Alexandre César, Gilmar Fabris, Carlos Antonio de Azambuja, Ezequiel Fonseca, Airton Rondina Luiz (Airton Português) e José Domingos Fraga. Silval Barbosa e Sílvio Correa, delatores do esquema, também se tornaram réus.

 
 

“Os cuiabanos merecem uma representação, sim. Que seja ficha limpa, que seja trabalhador, que tenha uma história de vida limpa e que possa que vir aqui e discutir proposta que nossa Cuiabá precisa”, completou Gisela.

Sobre a ação, o prefeito já se manifestou dizendo que provará sua inocência nos autos do processo.

“Como já dito em outras oportunidades, caso realmente esta denúncia tenha sido recebida, reitero que o processo servirá para trazer a realidade dos fatos a tona e provar a minha inocência. No momento minha prioridade é o povo cuiabano e fazer frente as minhas responsabilidades com a capital mato-grossense”, diz trecho da nota.

CHAPA

Gisela disputará o Executivo ao lado do Maestro Fabricio Carvalho (PDT), que abriu mão de disputar o cargo de prefeito para sair como vice da servidora do Procon Estadual.

A advogada disputou uma cadeira na Câmara Federal em 2018. À época figurou com 50.682 votos. Desse total, mais  de 33 mil votos foram em Cuiabá.

Além da candidatura de Fabrício, o PDT homologou na manhã de hoje 30 candidaturas à Câmara de Cuiabá. Entre os nomes de destaque estão do atual vereador Lilo Pinheiro, do comerciante Lucius do Caju e do cantor Jhony Everson.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.