E-mail

contato@radardacidade.com.br

WhatsApp

(66) 99986-5406

Tropical - TOPO
DINHEIRO NO PALETÓ

Emanuel Pinheiro e mais 9 ex-deputados são denunciados pelo MPF

A ação não acontece em um bom momento para Pinheiro, já que ele irá disputar a reeleição pela prefeitura da capital.

12/09/2020 14h45
Por: Redação
Fonte: AgoraMT

Dez ex-deputados federais, entre eles o atual prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro, foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) pelos crimes de corrupção ativa e associação criminosa. Também foram denunciados pelos crimes de corrupção passiva e associação criminosa o ex-governador de MT, Silval Barbosa e Sílvio Correa, seu ex-chefe de gabinete.

Os denunciados são acusados de compor um grupo de deputados da Assembleia Legislativa (ALMT) que recebiam dinheiro, cerca de R$ 600 mil a cada deputado à época, denominado como “mensalinho”, para garantir a governabilidade e a aprovação das contas do Executivo estadual.

Alguns pagamentos foram gravados, entre eles o do prefeito Emanuel Pinheiro, que ficou conhecido nacionalmente como o escândalo do paletó. A ação não acontece em um bom momento para Pinheiro, já que ele irá disputar a reeleição pela prefeitura da capital.

Os outros nove ex-deputados estaduais, que participaram da legislatura 2011 – 2015 -, e que também se tornaram réus são: José Joaquim de Souza Filho (Baiano Filho), Luiz Marinho de Souza Botelho, Luciane Bezerra, Alexandre César, Gilmar Fabris, Carlos Antonio de Azambuja, Ezequiel Fonseca, Airton Rondina Luiz (Airton Português) e José Domingos Fraga.

O inquérito policial foi relatado em 27 de agosto de 2020. O MPF, ao oferecer a denúncia, requereu o levantamento do sigilo.

Clique aqui e veja a denuncia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.